mercado de San Lorenzo

Florença - Itália / 2014
Arquitetura, Interiores, Públicos

show more

A remodelação do mercado de San Lorenzo teve como objetivo criar uma nova praça urbana coberta com ênfase na necessidade de incluir no centro da cidade, um novo ponto de encontro contemporâneo. Não foram feitas radicais intervenções de adequação regulamentar e técnica: as anteriores foram realizados em 2008 e haviam deixado disponível no primeiro andar do Mercado Central, um do espaço vazio utilizável, desprovido de fascínio e praticidade – senso de acolhimento das típicas praças. Por conseguinte, foi pensado em vez de uma transformação invasiva com a inserção de negócios, a utilização de estruturas leves e desmontáveis,  concebidas para transformar o espaço existente num teatro de sabor. Com base na combinação de “cultura alimentar”, a arquitetura do primeiro andar deriva de um princípio de representações: reconstruir um dos mais belos mercados históricos da Itália através da introdução de sistemas de uso contemporâneo voltado a atender as exigências de um publico cada vez mais diversificado e culto. Não se trata no entanto, de um trabalho confinado ao design de interiores, e sim de uma arquitetura protegida concebida em escala urbana onde a leveza e a luminosidade da maravilhosa estrutura em ferro e guisa do século XIX, foi sublinhada por uma série de grandes luminárias em vime e junco que preenchem discretamente o enorme vão do mercado. O conjunto arquitetônico valoriza a vocação artesanal das lojas, dispostas, como ao longo de uma estrada ou uma praça, segundo uma seqüência ordenada que realiza um sistema de exposição, ao aberto capaz de consentir a plena visibilidade dos laboratórios de elaboração, proporcionando prazer ao público que pode ver a preparação dos alimentos. Todos os espaços das lojas, sejam os de preparação como aqueles destinados à venda, e também as áreas destinadas aos serviços, são pensados com o intuito de restituir, embora cada um com as suas características funcionais específicas, um mercado uniforme e alegre. O primeiro andar do Mercado Central em Florença cria uma nova etapa de um itinerário europeu dos mercados históricos e gastronômicos dentro de uma arquitetura que combina a consciência renascentista, com a modernidade e a tradição. É um trabalho onde o espírito do passado liberto de sentido inútil de nostalgia e de uma danificada rentabilidade de posições, se torna atual e disponível para a cidade. Uma cidade onde a arquitetura, juntamente com a sua história e seus valores, quer continuar a ser uma protagonista.

 

ProgramaRemodelação do mercado de San Lorenzo
LugarFlorença - Itália
Projeto2014
ClienteMercato Centrale Firenze srl
Custo€ 5.000.000
Sistema ElétricoClanis Progetti
Sistema MecânicoStudio Lotti
CompaniaEdilvannucchi srl
EstruturaMap carpenterie metalliche
Conceito estruturaReggello ingegneria / Ing. Roberto Nocentini / Ing. Andrea Cimarri
Superfície do terreno2.600 sqm