Perfil

PERFIL

Fundada em Florença em 1988 por Laura Andreini, Marco Casamonti e Giovanni Polazzi, o estúdio Archea Associati é uma rede de mais de 80 arquitetos, operando em sete diferentes sedes: Florença, Milão, Roma, Pequim, Dubai, São Paulo e Teerã. Em 1999, aos fundadores se é associada Silvia Fabi, coordenadora dos projetos do estúdio Archea, em Florença.

Os interesses e atividades de pesquisa do estúdio se movem da paisagem para a cidade, da construção ao design, embora focados em arquitetura, os projetos vão desde o design gráfico editorial, até exposições e eventos. A complementaridade e a passagem dos níveis, que vão desde críticas à construção, consistem uma atividade integrada capaz de intervir nas diversas formas e etapas que compõem um projeto. Além da pesquisa no âmbito projetual, cada associado do estúdio desenvolve uma atividade paralela nas Faculdades de Arquitetura de Florença, Gênova, aonde o arquiteto Marco Casamonti é professor da matéria de Projetação Arquitetônica e Urbana.

Desde 2008, o estúdio Archea optou por adotar o sistema de gestão ISO, a fim de otimizar e agilizar os processos de gestão e produção do projeto, garantindo um nível consistente de qualidade. O estúdio possui, portanto, certificado UNI EN ISO 9001 pelo órgão de certificação Moody Internacional, seja tanto para a prestação de serviços de projeto arquitetônico como para a direção de obras.

O estúdio, no curso dos anos, participou e foi convidado para participar dos mais importantes concursos nacionais e internacionais tornando-se vencedor, entre outros dos concursos para o Edifício Escritórios Pirelli ex Ansaldo, do concurso para o Museu Arqueológico na auto-estrada Salerno-Reggio Calabria e do concurso por convite para a realização de uma torre alta mais de 90 metros no centro de Tirana, atualmente em fase de construção. Entre os projetos mais importantes, podemos destacar: a Biblioteca Pública de Nembro (Bergamo), a revitalizarão do ex Magazzino Vini do porto de Trieste, o centro sócio educacional de Seregno, o Pavilhão UBPA B3-2 World Expo 2010, o GEL, Green Energy Laboratory de Xangai e a cidade de cerâmica na região de Li Ling (Hunan) na China e  ainda, a nova Vinícola Antinori, em San Casciano Val di Pesa (Florença).

DSCN1806Picture-028Studio-FirenzeARCHEA BRASILE_HARMONIA_interiorStudio-Milano

Curriculum ARCHEA

Archea Associati, Laura Andreini (Florença, 17 de junho de 1964), Marco Casamonti (Florença, 13 de abril de 1965), Giovanni Polazzi (Florença, 19 de dezembro de 1959), arquitetos graduados da Faculdade de Arquitetura de Florença, fundam em 1988 na mesma cidade, o estúdio Archea Associati, que a partir de 1999 tem Silvia Fabi como associada.

A atividade principal relacionada com a experimentação no âmbito projetual e a realização de arquitetura, nos diversos níveis da intervenção do objeto, do prédio ao projeto urbano, cada associado desenvolve uma integrada atividade de investigação no contexto disciplinar de projeto arquitetônico, dentro de diversas faculdades italianas de arquitetura. Em particular, Marco Casamonti é professor ordinário de Projeto Arquitetônico da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Gênova e Laura Andreini é pesquisadora da Faculdade de Arquitetura de Florença. Tal atividade é acompanhada, nos últimos anos, por um intenso trabalho de aprofundamento e reflexão crítica sobre os temas da arquitetura, divulgados através de ensaios e textos, publicados em livros e revistas na Itália e no exterior, e pela organização e realização de exposições, eventos e workshops sobre o projeto. Desde 1997, Marco Casamonti é diretor da revista internacional de arquitetura “Area”. De 1999 a 2013 foi co-direção com Paolo Portoghesi da revista “Materia”; de 2006 a 2008 foi diretor científico da Fundação “Annali dell’Architettura e delle città”, Nápoles.

O estudo produziu uma série de obras de arquitetura, além de serem publicadas nas principais revistas e livros a nível internacional, foram selecionadas para grandes workshops e exposições de arquitetura. O estúdio Archea tem participado dos muitos e mais importantes concurso e competições italianas e internacionais de arquitetura, conquistando numerosos reconhecimentos e prêmios: em 1999 ele foi premiado com o terceiro prêmio para a realização da nova Faculdade de Arquitetura de Veneza. Em 2001 e 2002 foi finalista nos projetos para estações de trens de alta velocidade em Turim e Florença e em 2003, foi chamado pela imobiliária Novoli, dentre os nove grupos italianos selecionados, para a construção de um bairro nas áreas da ex-Fiat em Florença. Em 2004, com o arquiteto Rafael Moneo, foi convidado a participar do concurso para o novo “Palazzo del Cinema“, em Veneza. Em 2005, ganhou um concurso para convidados, para a realização de uma das 10 torres do plano diretor, para o novo centro de Tirana. Em 2005, ganhou a competição internacional a convite promovido pela Pirelli RE e Morgan Stanley – ex-aequo com Michael Maltzan Architecture – para a área Ansaldo de Milão na zona Grande Bicocca. Em 2007, ficou em segundo lugar na competição para o “Parque da música e da cultura de Florença” e desde 2006 tem participados de várias competições na China, dentre as quais, participa em 2011, com o importante projeto do Meixi Lake Cultural Center di Changsha.

No âmbito de exposições e eventos, o estúdio participa, organiza e projeta diversas mostras e eventos. Em 1996, realiza o Centro de Entretenimento Stop Line di Curno (BG), é convidado a participar da seção italiana da VI Mostra Internacional de Arquitetura da Bienal de Venezia e em 2002, com a Casa em Leffe, é selecionado para a Mostra Internacional de Arquitetura de Pedra e para o Festival Italiano de Arquitetura em Tóquio, intitulada “Do futurismo para o futuro possível” e em 2008, o projeto da Biblioteca do Nembro é selecionado para a exposição organizada pelo Museu de Design de Londres, e posteriormente em 2010 é exibido no “AILATI reflexões a partir do futuro”, como parte da XII Mostra Internacional de Arquitetura da Bienal de Venezia. Em 2011, o MuBE Museu Brasileiro da Escultura, em São Paulo, Brasil, recebe a mostra monográfica “ARCHEA Sustainable Landmarks”, também apresentada em 2012 no T Art Center de Pequim.

Entre os projetos expostos, a nova Biblioteca Pública de Nembro, o Camping Albatros em San Vincenzo – Livorno de 2007. Em 2008, inaugurou a Biblioteca Edison em Livorno, e em 2009 o novo município de Merate – Lecco, e a Biblioteca e do Auditório Municipal em Curno – Bergamo. Em 2010, como parte da Exposição Universal, realiza o pavilhão B3-2 na área Urban Best Practices, em Xangai. Em 2011, conclui a ampliação e remodelação da sede da Perfetti Van Melle em Lainate – Milão. Em 2012 é inaugurado o  Green Energy Laboratory em Xangai. É apenas conclusa a construção da nova vinícola Antinori, em San Casciano Val di Pesa – Florença; o centro sócio educativo de Seregno; ; e o Li Ling World Ceramic Art City, na China. E em fase de construção se encontram, a torre de Tirana, na Albânia; Emirados Árabes Unidos; a Vinícola Changri-La Winery em Penglai.

Atualmente, nos seis escritórios em Florença, Roma, Milão, Pequim, São Paulo e Dubai, contam com cerca de 90 colaboradores de diferentes regiões e universidades ao redor do mundo.