Vinar

Estação Leopolda, Florença - Itália / 2005
Arquitetura, Interiores

show more

A instalação da mostra Vinar é situada no cenário sugestivo da Estação Leopolda em Florença. O evento é centrado na relação entre a cultura enológica, arte e arquitetura. A intenção é recriar ambientes, cheiros e cores do mundo do vinho, entre natureza e artificialidade. A exposição é dividida em seis seções distribuídas na planta longitudinal do edifício. A entrada é dominada pela luz verde e um enorme lustre feito de 1800 garrafas suspensas acima da livraria. A área de degustação, delimitada por um longuíssimo balcão em paletes industriais de madeira, corre paralelamente a uma longa mesa de 100 metros e na frente desta, 23 tinas luminosas e 300 barris, tendo como pano de fundo, uma “cortina” feita com baguetes de pão. Espaço chamado “Alcatraz”, a instalação é composta acima, por uma camada de terra e um gramado verdadeiro coberto por folhas, de onde se pode ver, como do meio de um bosque, a instalação de vídeo feita por Dimitri Kozaris sobre o vinho e sobre a história do cinema, seguida por aquela multi sensorial de Paolo Fiumi no fundo da nave central. Esta última recebe também as “mínimas diatribes”, reuniões sobre o tema com arquitetos, artistas, jornalista e escritores. Ao longo do lado direito da antiga estação Leopolda, as paredes são utilizadas como um lugar de projeção sobre o assunto “adegas de autor”.

ProgramaDecoração
LugarEstação Leopolda, Florença - Itália
Projeto2005
ClienteFederico Motta Editore e Pitti Immagine
Custo€ 300.000
CompaniaMachina S.r.l.
Superfície construída600 mq