CDD – Centro para deficientes

Seregno, Monza-Brianza - Itália / 2003-2012
Arquitetura, Públicos

Vídeo
show more

A área abrange um lote atrás de um jardim de infância, contígua a zona destinada a um parque público, dentro de sistema de agrupamento desagregado. O programa funcional, destinado à pessoas com deficiência, oferece atividades primárias e complementares – salas de aula e laboratórios – concebidas como as estruturas fundamentais para a realização de atividades sociais e educacionais. O projeto possui uma relação especial com o ambiente circundante, propondo um parque totalmente acessível e trafegável, também por cadeiras de roda, uma vez que as árvores “furam” e “ultrapassam” uma laje de concreto liso, que constitui o piso de uma espécie de bosque artificial.
A área é redesenhada como a continuação natural do parque, que se dobra para formar e fechar o invólucro arquitetônico, onde a laje sem solução de continuidade, realiza o papel de, uma vez pavimento e sucessivamente telhado. Por conseguinte, o lado frontal direcionado para o aberto, com vista para os grandes carvalhos, e o outro totalmente fechado, com exceção do corte que defini o ingresso, acessível através de uma rampa para autos.  O esquema planimétrico retangular se desenvolve ao longo do eixo de distribuição dos vários ambientes, ligados externamente por um percurso coberto.

 

LugarSeregno, Monza-Brianza - Itália
Projeto2003-2012
ClientePrefeitura de Seregno
Custo€ 2.700.000,00
CompaniaT.i.e.c.i. S.r.l.
EstruturaMatteo Fiori e Luca Varesi
Superfície do terreno10.000 mq
Superfície construída1.300 mq
Volume4.940 mc