Projeto Garibaldi Repubblica – Competição para residencial à rua Corso Como

Milão - Itália / 2006
Arquitetura, Privados

show more

O projeto do núcleo residencial para a rua Corso Como em Milão, se move a partir daquele da casa com vista para o pátio, típica milanesa, interpretada como um paradigma do habitar coletivo e comunitário.
Considerando que a concepção do espaço para habitar, em arquitetura, influencia e é influenciada pela idéia de indivíduo e de comunidade, e pela maneira como tais sujeitos interagem de acordo com os seus costumes no interior de um determinado ambiente cultural, dentro desse projeto não existem necessariamente paredes divisórias, mas membranas flexíveis que são modeladas de acordo com as regras do relacionamento corrente. Algumas funções importantes são realizadas em pequenos núcleos autônomos, sendo o espaço dominante o vazio das relações entre os objetos.
Os sistemas de ligação e distribuição, dentre os quais escadas e varandas, desenham o esqueleto estrutural do complexo residencial e ao mesmo tempo são vinculados às lógicas de agregação, aos movimentos das pessoas, ao seus modos de apropriar-se do espaço doméstico e daquele social. Os núcleos são “móveis” e podem ser ligados, à linha das instalações em diversos pontos do sistema, criando em torno aos mesmo, espaços semi privados.
A lógica da organização dos espaços residenciais, espelha assim um princípio de condivisão de determinados âmbitos do organismo arquitetônico, por parte dos inquilinos, de modo a provocar uma articulação no uso dos ambientes domésticos, de acordo com os hábitos sociais de qualquer habitante: que pode aumentar ou diminuir o espaço doméstico, ocupando as áreas comuns, mais ou menos grandes no interior do complexo residencial. Qualquer um pode escolher o grau de privacidade e de relacionamento que será dado à sua acomodação, personalizando-a pouco a pouco no arco das estações ou de um simples dia.
Uma intervenção articulada como a realização do complexo residencial para a rua Corso Como, requer seja em fase de projeto como na de execução, competências particulares e complementares, específicas dos setores de “project management”, de projetação integrada, de organização e da coordenação dos serviços caracterizados por uma abordagem altamente interdisciplinar. O trabalho provocou assim, a necessidade de constituir um grupo de projetação, formado por profissionais que possuem uma comprovada experiência em projetos de pesquisa ligada às casas sociais. Um time com um alto grau interdisciplinar, capaz de otimizar as próprias habilidades específicas e desenvolver uma elevada interação com os outros profissionais e com as estruturas que fornecem habilidades complementares.

ProgramaResidencial
LugarMilão - Itália
Projeto2006
ClienteHines Italia s.r.l.